6 dicas para gastar menos com veículos da sua frota

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

O gestor de frotas sempre fica à espreita de dicas valiosas para gastar menos com os serviços de transporte. Mas é preciso manter a saúde financeira de sua organização sem deteriorar sua eficiência e operacionalidade, certo? Veja algumas dicas certeiras para não ter problemas com sua frota, nem perder dinheiro com sua atividade logística!

Treine bem a sua equipe

Sua empresa deve ter uma política de padrões e métodos bem definida, tanto para as pessoas que cuidam da circulação dos itens no estoque e o carregamento dos veículos, quanto para os motoristas que cumprem os traslados. Com um bom treinamento, todos os integrantes de sua equipe se tornarão mais ágeis e focados, aumentando a operacionalidade e sem desperdiçar tempo ou dinheiro da empresa.

Use um software de gestão de frotas

A adoção de um sistema para monitorar os veículos será útil para várias frentes operacionais: o gestor conseguirá planejar rotas otimizadas para seus veículos, saber onde exatamente seus carros estão e cumprir os prazos estabelecidos. Além disso, será possível calcular com precisão a quantidade de combustível a ser consumido.

Cuide da manutenção preventiva dos veículos

Eventuais problemas mecânicos podem afetar as entregas, atrasando a chegada das remessas nos endereços de destino e mantendo veículos fora de serviço por tempo indeterminado. Com uma política de controle e registro que leve em conta a manutenção periódica da frota, será possível saber as datas certas para substituir peças automotivas, verificar níveis de óleo e água, checar os filtros de combustível e examinar diversos aspectos de cada carro no momento adequado. Isso será importante também para manter as peças de substituição no acervo da empresa na contagem apropriada para cada época, evitando obsolescência e exageros de despesas com os produtos e componentes para troca.

Instrua os motoristas a dirigir de forma segura e constante

Os condutores em sua frota devem evitar o excesso de acelerações e frenagens bruscas, visto que isso consome as peças dos carros e aumenta o consumo de combustível. Outra coisa que tem influência nesses fatores é o bom uso do câmbio. Ao desenvolver a velocidade na pista normal, o motorista deve usar a relação de marcha mais alta que puder. As rotações do motor, neste caso, se manterão mais baixas, otimizando o desempenho da máquina. Quando houver uma ladeira, deve-se manter a segunda marcha no câmbio, e não deixá-lo em ponto morto.

Calibre os pneus corretamente

Se os carros seguem viagem com os pneus baixos, isso pode não só significar um grave problema de segurança, mas também ampliar consideravelmente os gastos com combustível. A calibragem recomendada pelos fabricantes deve ser aferida a cada semana ou dez dias, no mínimo, o que também vai diminuir o desgaste desses componentes.

Pesquise os preços de combustível e os postos de abastecimento

A todo instante os estabelecimentos que oferecem combustível no mercado fazem promoções a fim de atrair novos clientes. Pesquise. Não coloque combustível logo nos primeiros postos de abastecimento que encontrar. A diferença poderá ser enorme no fim do mês. Além disso, não encha o tanque em locais que você não conhece ou desconfia de que o produto possa estar “batizado”. Só compre combustível de comerciantes nos quais você confie.

O que você tem feito para gastar menos em sua frota? Há alguma outra dica que você gostaria de sugerir? Deixe o seu comentário!

0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×