4 dicas para pilotar sua moto à noite com segurança

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Pizza, hambúrgueres, comida chinesa… É durante a noite que os serviços de delivery são mais requisitados nas grandes cidades e é justamente o período noturno que exige dos motoboys cuidados redobrados para que eles não se envolvam em acidentes de trânsito e, ao mesmo tempo, consigam entregar as encomendas dentro do prazo. Para uma direção noturna sempre segura que possibilite o cumprimento de prazos sem maiores problemas, separamos algumas dicas importantes para você repassar aos motoristas da sua frota!

Diminua a velocidade

Soa quase como ofensa pedir a um motoboy que dirija devagar, uma vez que a categoria trabalha em um trânsito caótico, dentro de prazos rígidos e super apertados. Porém, à noite, é vital a redução da velocidade, já que fica bem mais difícil enxergar buracos, rachaduras e outros inúmeros obstáculos na pista. Além disso, no escuro a noção de espaço fica comprometida, ou seja, quando for passar entre corredores de veículos, o risco de acidentes ou esbarrões nos veículos alheios é muito maior em alta velocidade.

Costurar, nem pensar

Mesmo que faltem poucos minutos para realizar a entrega, mais vale você morrer no prejuízo do que na pista! Não faça loucuras no trânsito. À noite, a visão é, pelo menos, 5 vezes menor do que durante o dia e, para os motoristas nos automóveis, fica muito difícil detectar a aproximação de motoboys pelo retrovisor, ainda mais se eles se escondem nos chamados “pontos cegos” do veículo e chegam de surpresa. Manobras perigosas como “costurar”, então, nem pensar.

Proteja a visão

Bastante cuidado com o farol alto dos veículos no sentido contrário ao seu. Tente nunca olhar diretamente para a luz, se não quiser ficar momentaneamente cego e acabar se envolvendo em uma batida. Adote o olhar semicerrado para abrandar o ofuscamento (quando você fecha as pálpebras pela metade), e deixe o visor do capacete sempre bem lustrado, sem arranhões, para que seu campo de visão não fique turvo. Lembre-se: tanto de noite quanto de dia, jamais conduza com o dispositivo reflexivo levantado para não ser multado.

Use equipamentos de segurança obrigatórios

Coletes retro-reflexivos são essenciais para uso noturno, pois protegem e servem para destacar sua presença no trânsito para outros motoristas. Outros itens imprescindíveis são, claro, o capacete, a antena corta-pipa, para evitar que linhas de cerol atinjam o pescoço do motociclista, o mata-cachorro, que protege as pernas e o motor em caso de tombamento da moto, e os baús padronizados para cargas, que impedem que a pizza encomendada saia voando por aí se você por acaso se envolver num acidente.

Recentemente, o Governo Federal estipulou, em lei, a obrigatoriedade do uso de equipamentos de segurança pelos motoboys. É dever dos empregadores providenciarem todos os itens para sua frota, sob o risco de multas pesadas. Os produtos, que devem ter o selo do INMETRO e autorização dos órgãos de trânsito, como CONTRAN e DETRAN, são encontrados por uma grande variação de preços no mercado, logo, cabe ao bom gestor pesquisar e nunca deixar a sua frota desguarnecida e insegura.

E então, você já toma esses cuidados à noite e instrui os seus motoristas a tomarem? Conte para nós através dos comentários!

 

0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×