O motor do veículo superaqueceu, o que devo fazer?

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

O superaquecimento do motor é um velho conhecido dos motoristas e mecânicos. Tudo parece estar bem até que a fumaça começa a surgir e o ponteiro da temperatura dispara. Na maioria das vezes, o problema está ligado aos sistemas de refrigeração e ventilação. Confira alguns procedimentos que podem ser úteis no caso de superaquecimento do motor.

Pare imediatamente

Se o carro está quase fervendo, a melhor coisa é cessar a maior fonte de calor, que é a combustão ocorrida dentro do motor. Procure o acostamento mais próximo e ligue o pisca-alerta. O próximo passo é checar a situação do motor, mas é preciso esperar de 40 minutos a uma hora para que tudo esfrie. E muita atenção: não tente abrir a tampa do reservatório logo após o problema! A água ali dentro está em altíssima temperatura e o vapor presente no ambiente também oferece grande risco de queimadura.

Cheque o reservatório de água

O combustível não é o único líquido fundamental para o funcionamento de um carro. A água tem papel muito importante para manter o motor em ordem. Ela é utilizada pelo sistema de resfriamento e ajuda a manter a temperatura estável debaixo do capô. Confira se a tampa do reservatório está em ordem e se está selando bem o bocal. Feito este teste, dê uma olhada no nível de água. Complete a capacidade do recipiente e observe se há algum vazamento. Procure por pingos embaixo do veículo, pois eles podem ser um bom indício caso não haja nenhum vazamento visível. Se, após completar a água, o carro se comportar de maneira normal é possível seguir viagem, mas é bom não se arriscar e procurar logo por um local em que seja possível dar uma checada na situação geral do carro.

Tenha cuidado ao dirigir com o carro superaquecido

Caso você tenha que conduzir o veículo com problemas, tente conseguir algumas garrafas de água para levar uma reserva. Desligue o ar-condicionado, abra os vidros e ligue o aquecedor de ar. Ele funciona retirando calor do motor para aquecer o interior do veículo e em uma emergência pode ajudar um pouco.

Faça o check-up na oficina

Ao levar o veículo para reparos, peça para que os profissionais façam uma verificação completa, que inclua checagem e manutenção das seguintes peças: radiador e seu nível de fluido, sistema de refrigeração, fixação da correia do motor, sistema de ventilação, impulsor da bomba de água, condição da ventoinha, mangueira do radiador e ponto de ignição.

Saiba prevenir o superaquecimento

Existem maneiras fáceis de evitar este problema. A maioria delas está ligada à revisão periódica que cada proprietário deve fazer em seu veículo. Confira sempre o nível do reservatório de água, olhe no chão da garagem e procure por vazamentos, complete o nível de fluido do radiador e mantenha a grade de ventilação frontal sempre limpa para que o ar entre no sistema de refrigeração. Nas épocas mais quentes do ano o gasto de água é ainda maior e, por isso, é bom manter uma vistoria frequente nos sistemas de refrigeração.

Agora que você já sabe o que fazer em caso de superaquecimento, lembre-se: nunca entre em pânico. Caso o carro apresente defeitos, manter a calma é essencial para conseguir conduzir o veículo até um local menos movimentado em que seja possível realizar os procedimentos de reparo.

Você já passou por esse tipo de situação e se viu em apuros? Como você resolveu o problema? Compartilhe a sua experiência através dos comentários!

0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×