ISO 9001: qualidade certificada na sua transportadora

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Para que as empresas consigam se destacar das concorrentes, primeiramente é necessário conhecê-las muito bem e compreender o mercado em que estão inseridas. Depois disso, são criadas estratégias que podem conduzir a um diferencial competitivo, que posteriormente se transforma em vantagem.

Um desses diferenciais é a obtenção de uma certificação. No artigo de hoje serão abordadas algumas questões sobre a ISO 9001 e como ela pode ser implementada em uma transportadora. Continue acompanhando e saiba mais sobre o assunto!

Afinal, o que é a ISO 9001?

A ISO 9001 é um conjunto de normas que tem como objetivo padronizar um produto ou serviço. Por meio dela são definidos os requisitos para um sistema de gestão da qualidade, assim como diretrizes a respeito de como a empresa deve ser gerenciada.

A meta principal é identificar e atender as necessidades dos clientes, assegurando a qualidade do que é oferecido — tanto em termos de venda, quanto em relação ao relacionamento.

Por que ela é importante para as empresas?

Obter uma certificação ISO 9001 garante mais credibilidade no mercado, pois passa a ser um sinônimo de qualidade. Uma transportadora que consegue se certificar ganha destaque em relação às suas concorrentes, principalmente ao participar de uma cotação com possíveis clientes, uma vez que as empresas tendem a optar por aquela que transmite mais confiança.

Sendo assim, o cliente passa a perceber a transportadora como uma empresa que se preocupa com seus usuários, busca sempre manter melhorias e o nível de qualidade dos serviços que são prestados.

Como uma transportadora pode conseguir essa certificação?

O processo de certificação da ISO 9001 é quase sempre demorado e complexo, já que envolve diversos aspectos da gestão e demanda recursos como tempo, mão de obra e possíveis investimentos. Confira abaixo o passo a passo de como ela pode ser conquistada:

1. Definir o método de implementação

O primeiro passo para se iniciar o processo de certificação é definir por meio de qual método ela será implementada. A forma mais comum de se realizar isso é fazendo o mapeamento dos processos e identificando os pontos de melhorias.

2. Selecionar a equipe de implementação

Uma equipe deve ser a responsável por avaliar os processos e identificar os pontos que precisam de melhoria para se encaixar nos padrões exigidos pela norma, assim como realizar a verificação das mudanças aplicadas.

3. Realizar o diagnóstico e planejamento

É nessa etapa que a equipe selecionada começa o trabalho de estudo e avaliação dos processos executados pela empresa. Por meio dessas análises é que todos os pontos de adequação são levantados e começa a ser elaborado o planejamento a respeito das ações que devem ser tomadas.

4. Envolver os colaboradores

Para que seja possível realizar as mudanças necessárias, o ideal é envolver os colaboradores, conscientizando-os a respeito da importância do papel que exercem durante o processo de certificação e quais são suas responsabilidades no planejamento.

5. Implementar os requisitos da norma

Assim que os pontos de melhoria são identificados e o planejamento é elaborado, é hora de aplicar, na prática, os requisitos exigidos pela norma para que a empresa consiga obter a certificação. Vale lembrar que se esses requisitos não forem cumpridos, apesar de todos os esforços, a certificação não é concedida.

6. Executar uma auditoria interna

Quando os requisitos estiverem todos revistos, a equipe de implementação deve realizar uma auditoria interna, buscando identificar possíveis falhas e/ou pontos que ainda precisam ser ajustados.

7. Contratar uma auditoria de certificação

Após todas as etapas concluídas, é chegado o momento de contratar uma auditoria externa para realizar o processo de certificação da ISO 9001. Apesar de extenso e complexo, o processo de melhoria que a ISO 9001 requer para implementação de seus requisitos já traz diversos benefícios que podem ser percebidos em curto prazo — como, por exemplo, a redução de desperdícios e custos e o aumento da qualidade do serviço prestado.

Aproveite os comentários e nos diga se o artigo de hoje esclareceu suas dúvidas a respeito da ISO 9001 e seu processo de implementação. Participe!

0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×