Gestão de frota: 5 dicas para controlar a entrega de cargas

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Os gestores de frotas têm muitas responsabilidades, inclusive a de garantir que a entrega das mercadorias será feita com plena integridade da carga e no prazo combinado. Mas, como fazer isso com eficiência?

Trata-se de começar a aplicar no setor de trabalho técnicas de controle mais desenvolvidas e aperfeiçoar a área de Recursos Humanos, otimizando a relação do patrão com o funcionário. Confira a seguir cinco dicas de gestão de frota que vão ajudá-lo a controlar a entrega de cargas!

Monitorar em tempo real

Uma das principais formas de obter êxito na gestão de frota é utilizando softwares de monitoramento em tempo real. Baseados em GPS, contato automático com a sede e câmeras de vigilância, os softwares permitem que o gestor fiscalize o trajeto e o comportamento do motorista e comunique-se com ele.

Além disso, o gestor pode exercer sua influência de forma mais positiva sobre o funcionário. Outra vantagem é que o motorista poderá ainda contar com a ajuda da empresa caso se veja diante de alguma situação imprevisível ou desfavorável.

Investir na melhor relação entre motoristas e empresa

É preciso também trabalhar no setor humano. O gestor precisa entender a necessidade de manter uma relação amigável, transparente e salutar com seus motoristas. Manter o bom diálogo e explicar de forma clara as instruções, regras e objetivos da empresa são atitudes fundamentais para assegurar que a entrega da carga será efetuada da melhor forma possível.

Cada vez mais, o relacionamento entre patrão-funcionário tem sido tema de diversos estudos e palestras. Um depende do outro, existe uma relação de colaboração entre eles, mas é preciso esclarecer que há diferenças também.

Aprimorar o relacionamento com os fornecedores

Outra dica é melhorar sua relação com os fornecedores de forma que nunca faltem produtos em sua empresa. Isso implicaria certamente em atrasos na entrega e até perda de clientes. Manter uma boa relação é uma forma de garantir estoque bem provido e cliente satisfeito. Em algumas empresas, inclusive, o controle de estoque é administrado diretamente pelos fornecedores!

Considerar os riscos

Toda empresa que faz entrega de cargas precisa manter-se alerta para eventuais problemas. Trata-se de riscos inerentes à atividade ou mesmo imprevistos. O gestor deve estar sempre preparado para prover a falta de algum produto em um pedido de última hora, a presença de um motorista para substituir outro, a manutenção não programada de um veículo ou sua substituição por outro, um problema na rota e assim por diante.

Se o gestor da frota consegue prever os riscos e problemas, estará mais preparado para enfrentá-los quando surgirem.

Planejar as rotas

É preciso que as rotas sejam traçadas visando, acima de tudo, entregar o pedido no prazo combinado. Para isso, consideram-se vários fatores. Claro que encurtar distâncias é um desses critérios, mas se o caminho mais curto for também o mais difícil — com estradas mal conservadas ou vias de tráfego intenso — não é eficiente adotá-lo como rota.

Rotas bem planejadas avaliam todas as possibilidades antes de adotar uma e sempre descartam as alternativas mais complicadas. Não adianta cobrar do motorista nem reclamar das vias se não existe um planejamento adequado das rotas a seguir! Aplicativos específicos que traçam rotas automaticamente podem facilitar este trabalho, considerando todos os prós e contras.

Já conhecia alguma dessas dicas sobre gestão de frota? Suas entregas estão cumprindo os prazos? Sua clientela está satisfeita com o serviço? Quais as dificuldades que mais enfrenta? Deixe seu comentário e sua sugestão de como controlar a entrega de cargas com eficiência.

0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×